Networking em congressos: antes, durante e depois

  • 0

Networking em congressos: antes, durante e depois

Engana-se quem pensa que fazer um bom networking em congressos, simpósios ou conferências limita-se apenas a aparecer no dia do evento distribuindo cartões de visita. Nem preciso dizer que a troca de cartões de visita é essencial, e que você deve levar quantos puder no dia do evento. Entretanto, o objetivo deste post é mostrar que o networking pode (e deve) ir muito além disso.

Primeiramente, é preciso considerar as ações a serem tomadas antes e depois, e não apenas durante o evento. Por isso, organizei algumas reflexões pessoais que podem ajudar você a fazer um networking ainda mais eficiente e inteligente daqui em diante:

Antes:

Acesse o site do evento, no qual certamente haverá o resumo de cada palestra (com data e horário) e uma biografia simples de cada palestrante. Assim, você já organiza sua agenda de antemão e tem uma boa noção dos assuntos que possam interessá-lo durante o congresso.

Caso haja alguma informação de contato dos palestrantes que mais chamarem sua atenção, fale com eles, apresente-se e explique o porquê do seu interesse em comparecer às apresentações deles. Dessa maneira, você os conhece antes mesmo de sair de casa e os motiva a fazer uma palestra ainda melhor.

Durante:

Preciso dizer para você providenciar cartões de visita? Você participará de um evento cheio de profissionais dispostos a compartilhar ideias e até mesmo oportunidades de trabalho. Como nesses ambientes há várias pessoas, é provável que muitas das quais conversaram com você não se lembrem “de cabeça” do seu contato após alguns dias, e por isso dar seu cartão de visitas é tão importante. Mas lembre-se: são cartões de visita, e não panfletos. Não saia distribuindo seus cartões a qualquer pessoa que aparecer pela frente, e procure direcionar seus contatos. Afinal de contas, se você traduz do francês para o inglês, talvez seu perfil não seja interessante para um cliente à procura de tradutores de chinês para português.

Outra bela maneira de fazer networking no dia do evento é mostrando-se ativo nas palestras, comentando e interagindo com os palestrantes e o público. Participe, não apenas assista. Pergunte e comente, mas faça isso de maneira inteligente. Evite comentários pobres, como o famoso “muito legal o que você disse!” e só. Argumente e explique por que motivo você gostou de algum trecho ou momento específico da palestra. “Muito legal o que você disse no slide XX, porque esse tipo de problema/situação acontece diariamente em agências/empresas/com freelas e poderia ser evitado se fizéssemos YYY”.

Depois:

Na maioria das vezes, após um evento muito esperado, nos sentimos empolgados e extremamente enriquecidos. As palestras nos enchem de conhecimento, os novos contatos podem gerar grandes oportunidades de trabalho e, de quebra, ainda fazemos amigos. E por que não compartilhar esse sentimento com as pessoas?

Reserve algumas horas um ou dois dias após o evento, pegue todos aqueles cartões de visita que você recebeu e entre em contato com as pessoas para dizer o quanto foi bom conhecê-las. Faça isso de maneira simples: duas ou três frases já são o suficiente para resumir a importância que o evento e o encontro tiveram para você. Aproveite esse momento também para dar outras informações de contato (aquelas que não couberam no cartão de visitas, sabe?). Dê seu Facebook, Twitter, Skype, LinkedIn e outros números de telefone, para que vocês mantenham o contato.

Por fim, procure agradecer aos organizadores do evento. Eu pessoalmente nunca organizei um evento (quem sabe um dia, se surgir um convite?), mas acredito que fazer isso é um grande desafio. Reunir palestrantes de várias partes do Brasil e do mundo, escolher o lugar ideal, organizar as salas e muitas outras tarefas inimagináveis está longe de ser fácil, e deve causar muito estresse. Por isso, não esqueça de que essas pessoas trabalharam duro para oferecer o melhor evento a você, e mostrar sua gratidão a elas pode ser bastante recompensador.

Por fim, depois de todas essas dicas, só me resta dar mais um conselho: divirta-se!


Leave a Reply

Ad