Dicas para uma boa comunicação por email

  • 0

Dicas para uma boa comunicação por email

Comunicação é tudo, principalmente na nossa área, já que na maioria das vezes as idas e vindas da tradução acontecem online. Então, pensando em evitar problemas de comunicação por e-mail, sugerimos que você siga algumas diretrizes para termos uma boa experiência no TransMit. Vamos a elas:

1- Desconfie se os feedbacks demorarem mais de três dias para chegar: nosso tempo de resposta costuma ser bem rápido, principalmente na primeira semana, e em geral não passamos de dois dias para enviar os textos revisados. Quando nossas revisoras percebem que pode haver algum atraso, elas sempre nos avisam, então você certamente será comunicado. Se ficarmos quietinhos por muito tempo, desconfie e entre em contato conosco por outros meios (Skype, Facebook ou WhatsApp).

2- Verifique sua caixa de spam: pode acontecer de nossas mensagens terem parado lá. Se isso acontecer, você precisa marcar nosso endereço como remetente confiável. Clique nos links para saber como fazer isso pelo Gmail e pelo Outlook. Se você trabalha com outro provedor de e-mail, entre em contato conosco.

3- Confirmem o recebimento de todas as mensagens: às vezes um simples “Ok” ou “Recebido” já basta para nos deixar cientes de que a mensagem chegou a você sem problemas. Se quiser, você também pode confirmar usando os outros meios de comunicação mencionados no item 1, mas o ideal é o e-mail.

4- Os outros meios de comunicação são apenas um recurso complementar: não esqueça de que a comunicação principal deve ser feita sempre por e-mail. Não use os outros meios para enviar suas traduções ou transferir arquivos importantes, por exemplo. Como o e-mail é a nossa forma oficial de comunicação, tudo o que acontece fora dele pode ser considerado off the record. Use apenas para confirmar o recebimento ou o envio de mensagens importantes.

5- Copie a si mesmo nas mensagens: se desconfiar de que suas mensagens não estão chegando a um determinado destinatário, inclua outro e-mail seu na cópia e verifique o recebimento. Assim, será possível identificar onde está a raiz do problema.

Em caso de outras dúvidas, não deixe de entrar em contato com o Bruno Fontes ([email protected]).


Leave a Reply